O segundo maior Data Center Tier III em Portugal

A REN - Redes Energéticas Nacionais inaugurou o novo Data Center de Riba De Ave em Fevereiro de 2018, uma infraestrutura de referência e excelência tecnológica em Portugal. 
O Data Center terá como utilizadores, para além da REN, o grupo EDP e o grupo NOS, clientes da RENTELECOM, operadora de redes de telecomunicações do grupo REN.

Quadro de Resumo

Setor Telecom
Empresas Envolvidas Proef REN Siemens
Localização Riba de Ave – Vila Nova de Famalicão
Soluções Utilizadas Data Center

Números Globais

5000 A infraestrutura ocupa uma área de cerca de 5000 m² e inclui 1200m² de salas técnicas
513 Número de técnicos, provenientes de 58 empresas subcontratadas
9 Meses de duração do projeto

O desafio

Elevada criticidade Dada a elevada criticidade desta infraestrutura para o grupo REN e para os seus clientes, o Data Center foi alvo de revisão do Uptime Institute, sendo sujeito a rigorosas provas de comissionamento e ensaios destinados a comprovar o seu nível de resiliência a falhas, tendo alcançado a certificação Tier III. Este é agora o segundo Data Center em Portugal a obter esta certificação.
Dimensão A dimensão e as especificações técnicas do projeto representaram um desafio de elevada exigência para as nossas equipas, tendo reforçado as competências no âmbito de integração de sistemas e infraestruturas em Data Centers.

A nossa solução

Dada a elevada criticidade desta infraestrutura, o data center contempla elevados níveis de redundância, com dois ramais de energia, disponibilizando alimentação principal e de emergência redundantes com capacidade de 1.600kva e possibilidade de crescimento para o dobro. Dois depósitos de abastecimento de combustível ligados a um conjunto de quatro grupos geradores garantem 24h de autonomia. A energia ininterrupta é assegurada por UPS em 2 (N+1) de 800kva com possibilidade de upgrade até aos 2.000kva.

O sistema de climatização instalado garante um elevado grau de eficiência energética, através do sistema de refrigeração em free cooling que utiliza as baixas temperaturas do ar no exterior, para auxiliar na refrigeração da água existente na rede hidráulica que dispõe de dois depósitos de inércia com 20.000L cada.

Em termos de segurança, o data center encontra-se localizado numa das zonas de menor risco sísmico do país, tendo sido instalados um sistema de anti-intrusão de perímetro, videovigilância, controlo de acessos com segregação por zonas e sistema de deteção e extinção de incêndio.

Todas estas especialidades estão integradas num sistema centralizado de gestão (GTC), disponibilizando um conjunto de informação em tempo real, que permite operar e monitorizar toda a infraestrutura.


Testemunhos

Rodrigo Costa:
“O Data Center foi sujeito a “rigorosas provas de comissionamento e ensaios destinadas a comprovar o seu nível de resiliência a falhas”